Longa metragem made in China mais legal da Disney!

Olá caro leitor, quanto tempo não nos vemos! Nas últimas semanas estive sob o feitiço de um certo álbum novo de uma banda de rock composta por dragões imaginários. Enfim, agora que já aprendi pelo menos quatro canções do novo Cd, já posso sossegar.

Eu e meus casos de amor com canções internacionais. Já que estamos falando disso, conversaremos hoje sobre uma canção especial! Inspiradora! Linda, que já cantei em um desses aplicativos de karaokê no celular!

Essa música está presente no filme Mulan de 1998. Vemos nessa obra cinematográfica a China antiga e seu conflito com o povo dos hunos.

Este povo era nômade, ou seja, não tinham um local fixo de moradia. Migravam, saqueavam, lutavam e tocavam o terror! No filme eles estão querendo invadir a China, fazer guerra e todas essas coisas que o ser humano gosta de fazer, seja no século I ou no XXI.

Enfim, para aumentar os exércitos da China os homens foram convocados, pelo menos um de cada  família. A Mulan, personagem principal da história vai para o exército no lugar do pai dela. Ele já estava bem velhinho e ela temia pela segurança dele.

Nossa como estou formal hoje!

Continuando, a Mulan então se disfarça de homem, o nome que ela registra lá com o exército é Ping. Daí ela conhece um cara que se chama Pong e eles criam aquele joguinho de bater na bolinha e fazer pontos.

Estou brincando galera! A Mulan então treina com os outros caras, tem cenas bem engraçadas por que os homens as vezes são brutos e a Mulan toda fofa. Só que ela não pode ser tão fofa assim, pois pode estragar o disfarce.

Vale muito a pena assistir, não vou contar o final, por que eu sou dessas que nunca conta que no final fica tudo bem, afinal é um filme da Disney.

Agora vamos falar da música “homem ser”, que eu sempre cantei “vou vencer”, mas descobri que falava errado todos esses anos!

Em chinês temos uma celebridade super famosa cantando! O Jackie Chan, acredita?

Quando essa canção começa, o filme vai mostrando o comandante da tropa em que a Mulan está treinando os soldados. Todos são meio desajeitados e possuem outras qualidades que são citadas na música, pobrezinhos.

Antes de conferir a versão em chinês, vamos ouvir a música em nossa língua? Veja se não dá vontade de cantar junto!

Minha parte preferida é, adivinha, adivinha, adivinha? O refrão é claro! Sou uma refrãocólatra. Eita que palavra feia.

Bom, sim, eu amo a parte que diz: “seremos rápidos como um rio.

Com força igual a de um tufão.

Na alma sempre uma chama acesa.

Que a luz do luar nos traga inspiração!”.

As duas últimas frases estão na minha lista de coisas que eu gostaria de tatuar. Estão perto das palavras Harry Potter, e Love, como a tatuagem do Jason Mraz.

Eu só não faço a tatuagem por dois motivos,: é caro e dói pra caramba.

Imagina só escrever no braço, ou no ombro: “Na alma sempre uma chama acesa, que a luz do luar nos traga inspiração”.

São praticamente 56 caracteres bem doloridos. Deixa pra lá essa ideia.

Agora, você gostaria de ouvir um pouco da voz do super Jackie Chan interpretando essa música de incentivo? Fique à vontade!

Ouvindo ela eu fico pensando que os chineses escutando uma música nossa deve soar desse jeito também.

Deveras interessante não? Caros leitores do meu coração?

Voltando a falar da versão em português, ela foi interpretada pelo dublador Claudio Galvan. Ele faz a voz do Pato Donald, já dublou o personagem Enrique Mandariaga na novela Rebelde, entre outros. Ai que novela maravilhosa que foi essa!

Esse Enrique era um dos professores favoritos da galera da novela, sabe aquele cara que chega com ideias inovadoras? Desafia os jovens a pensar? Questiona eles sobre suas opiniões corretas ou não? Um personagem excelente.

Se quiser ver uma entrevista do dublador e conferir ele cantando alguns trechinhos da canção do filme, é só clicar abaixo!

Antes de finalizar o post, eu tenho algumas curiosidades que encontrei sobre o filme, que gostaria de compartilhar.

A Mulan é a única princesa da Disney que não nasceu em um super palácio, ou se tornou princesa após casar com um príncipe lindo e corajoso.

Esse filme é uma animação, mas em 2020 vai sair um tipo de remake com atores e atrizes dando vida aos personagens. Isso tem deixado os fãs um pouco desconfiados, e eu me incluo nisso. Mas, eu sempre dou uma chance para o filme, pois sempre podemos nos surpreender!

A animação demorou quatro anos para ficar pronta. Os produtores viajaram para a China e pegaram uma lenda que existe lá, onde diz que a Mulan existiu de verdade. Suponho que basearam o filme nessa lenda.

Outra curiosidade que eu não poderia deixar passar, e já estava esquecendo, é que a Mulan tem um ancestral que protege ela e ajuda. Ele é um dragãozinho muito engraçado cujo dublador é o mesmo do personagem Burro do filme do Shrek. Imagina só como ele fica divertido na versão dublada!

E por fim, eu assisti esse filme na escola! Meu professor de história passou para toda a classe e eu me apaixonei perdidamente! Depois quando eu tinha Dvd, bons tempos, eu aluguei o segundo filme também muito legal. Mas, o primeiro é o melhor!

Certo! Agora vou abrir o meu biscoitinho da sorte. Aqui diz que terei muitos comentários nesse post! Hummmm, será que ele acertou?

Dó, ré, mais música boa assim, pra nós!